Seta

6° Oceano 100% Surf Amador - 2006

Alto nível de surfe e participação de público fizeram o Oceano 100% Surfe Amador, etapa do Circuito Catarinense Amador, disputada na Prainha (São Francisco do Sul), ser considerada uma das melhores do calendário. Remando por um lugar no mar dos profissionais, 145 atletas disputaram as baterias, dropando em ondas não muito grandes - cerca de meio metro -, mas que tiveram boa formação no domingo e privilegiaram quem tinha mais técnica nas finais. Apesar de premiar nomes batidos como o do tetracampeão Júnior Maciel, que venceu na categoria Master, a etapa também abriu espaço para surfistas locais despontarem.

O fim de semana na Prainha foi disputado tanto em quantidade quanto em qualidade. Nas areias, cerca de 15 mil pessoas passaram pelo território do surfe nos dois dias de competição. Na água, os atletas brigaram em cada onda por um ponto que definisse a bateria e os surfistas locais trataram de se armar bem para ganhar espaço na briga. O resultado foi bastante pressão sobre os visitantes.

Nessa etapa os surfistas de São Francisco ganharam uma etapa só para eles, estimulando ainda mais a participação dos atletas locais no surfe. A taça da categoria foi para a casa de Paulo Henrique, que aprovou a competição com os conterrâneos. Mas eles não se satisfizeram em alcançar o topo entre os que vivem perto do mar da competição, e incomodaram bastante os grandes nomes que vieram de fora.

Na categoria considerada elite do esporte, a Open, o mesmo Paulo Henrique deslizou bonito pelas ondas e deu trabalho a Fernando Santiago, vencedor da taça com 9,35. A nota foi só 0,10 acima de Paulo Henrique e só terminou depois do show que os dois deram, revezando colocações a cada bateria. No feminino, o enfrentamento deu resultados ainda melhores para as praias no Norte, já que o primeiro e segundo lugares ficaram com surfistas da região. Susan Leal, de São Francisco, brigou bonito, empenhando-se nas ondas para chegar perto das manobras de Gabriela Leite, de Balneário Barra do Sul, vencedora da categoria.

Na outra categoria de destaque, o Master, o espaço dos locais não foi tão bem delimitado, mas ainda assim houve abertura para aprendizado e disputa equilibrada. O tetracampeão Júnior Maciel deu mais um passo a caminho do troféu final, mas deixando claro que está cada vez mais difícil se manter na crista. "O nível do pessoal está muito alto e isso mostra que o esporte está se desenvolvendo por aqui".

Parte desse desempenho vem da estrutura dos campeonatos, que misturam velhos competidores com meninos que estão começando a dropar. "É bom para eles porque vêem o que os mais velhos fazem e acabam motivados a fazer mais", acredita Maciel.

RESULTADOS DO 6º OCEANO 100% SURF, VÁLIDO COMO 4ª ETAPA DO CIRCUITO CATARINENSE

Junior: 1º Alex Lima, 2º Alejo Muniz, 3º Felipe André da Silva, 4º André Moi.

Máster: 1º Junior Maciel, 2º Leandro Grillo, 3º Rubens Farias, 4º Steward Dean.

Mirim: 1º Alejo Muniz, 2º Marten Pagliarini, 3º Dionata Monteiro, 4º Caue Wood.

Infantil: 1º Matheus Navarro, 2º Cainã Barletta, 3º Murilo Henrique, 4º Kim Venâncio.

Feminino: 1º Gabriela Leite, 2º Susã Leal, 3º Carolina Provenzano, 4º Bárbara Muller.

Iniciantes: 1º Cauê Wood, 2º Cainã Barletta, 3º Vicente Romero, 4º Felipe Vezaro.

Local: 1º Paulo Henrique, 2º Leandro Silva, 3º Davi Botelho, 4º Everton.

Open: 1º Fernando Santiago, 2º Paulo Henrique, 3º Fernando Junior, 4º Felipe Ignácio